Seguidores

É melhor serem dois do que um

Eclesiastes 4.9-12.
9 Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho.
10 Porque, se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante.
11 Também se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só como se aquentará?
12 Se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; o cordão de três dobras não se rebenta com facilidade.


Três adversidades inevitáveis que enfrentamos.

a) Queda
b) Frieza
c) Ser dominado, refém, de sentimentos de ódio, ressentimento, de dívidas, de palavras etc.

Queda

Qual de nós, pobres mortais, não lambeu a pó do chão depois de um forte golpe?
Na maioria das vezes, nós mesmos causamos nossa queda, não é difícil cair, é mais fácil cair do que ficar de pé. Quedas são inevitáveis quando andamos na margem da fé desejando andar com Deus e de braços dado com o diabo, ou quando uma pequena área da nossa vida ainda não foi dominada pelo Espírito de Deus, isso já o suficiente para cairmos e experimentar o gosto do pó da terra. Prostrado, Humilhado, contrito, abatido, vencido


Frieza

Isso é mais fácil ainda! Nossa natureza carnal nega ser dominada e leva pensamentos e argumentações a nossa mente todas as vezes que sentimos que seguir a Cristo é preciso esforço.
Quantas vezes você forjou uma desculpa para se convencer a não ir ao culto, dar o dízimo, jejuar, orar, vigília, abraçar um serviço no ministério, ajudar um irmão e Etc. Eu conheço tantas desculpas que dá pra escrever a “Enciclopédia do Embaçado”. Embaçado é uma gíria referente a pessoas que são... Embaçadas! Para tudo ela tem uma desculpa, não vou descrever nenhuma fique só com aquelas que você habilidosamente já desenvolveu, elas são suficiente para você fazer inveja ao gelo.

Ser dominado

Isso é dolorido, quantos de nós hoje não estamos experimentando o cativeiro espiritual e emocional. Quantas úlceras, dores de cabeças, cânceres e envelhecimentos adquirimos sendo refém de sentimentos que estão dentro de nós como o ódio por alguém, sentimento de paixão descontrolada, ressentimento, mágoas e dividas.

O lado positivo destas mesmas idéias

Se prostrar diante Deus é diferente que perante os problemas. Eu me prostro, me humilho, Contrito o meu espírito, deixo Deus me abater e dominar as minhas vontades, quero e deixo ser vencido pelo Espírito Santo.

Se humilhar diante de Deus. 1 Pedro 5:6 Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que, a seu tempo, vos exalte,

Atitude que Deus valoriza no homem. Salmos 51:17 Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.


Estratégia de uma vida a dois

Eu e minha esposa profetizamos em nosso casamento este texto estrategicamente colocado no convite do nosso casamento, :V9 Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga (retribuição, recompensa) do seu trabalho.

A solidão é contra o pensamento de Deus, Deus viu o homem no jardim e disse; “não é bom que o homes esteja só”. Gênesis 2:18


Êxodo 18:14 Vendo, pois, o sogro de Moisés tudo o que ele fazia ao povo, disse: Que é isto que fazes ao povo? Por que te assentas só, e todo o povo está em pé diante de ti, desde a manhã até ao pôr-do-sol?

1 Reis 19:13-18 Ouvindo-o Elias, envolveu o rosto no seu manto e, saindo, pôs-se à entrada da caverna. Eis que lhe veio uma voz e lhe disse: Que fazes aqui, Elias? Ele respondeu: Tenho sido em extremo zeloso pelo SENHOR, Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derribaram os teus altares e mataram os teus profetas à espada; e eu fiquei só, e procuram tirar-me a vida. Disse-lhe o SENHOR: Vai, volta ao teu caminho para o deserto de Damasco e, em chegando lá, unge a Hazael rei sobre a Síria. Jeú, filho de Ninsi, ungirás rei sobre Israel e também Eliseu, filho de Safate, de Abel-Meolá, ungirás profeta em teu lugar.
Quem escapar à espada de Hazael, Jeú o matará; quem escapar à espada de Jeú, Eliseu o matará. Também conservei em Israel sete mil, todos os joelhos que não se dobraram a Baal, e toda boca que o não beijou.


Marcos 14:32-33 Então, foram a um lugar chamado Getsêmani; ali chegados, disse Jesus a seus discípulos: Assentai-vos aqui, enquanto eu vou orar. E, levando consigo a Pedro, Tiago e João, começou a sentir-se tomado de pavor e de angústia.

Um pensamento antagônico

Existe um ditado assim; “É melhor só do que mal acompanhado”. Este ditado saiu da bíblia veja.

Amós 3:3 Andarão dois juntos, se não houver entre eles acordo?

Gênesis 13:8 Disse Abrão a Ló: Não haja contenda entre mim e ti e entre os meus pastores e os teus pastores, porque somos parentes chegados.

Se impressione com isto!

Eclesiastes 4.9-12. Porque, se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante.

É mais fácil levantar com um apoio. Lembre-se de quantas situações você enfrentou e que alguém foi seu apoio, suporte. E também de quantas situações em que você foi o suporte para alguém.


Eclesiastes. 4.11. Também se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só como se aquentará?

Adversidades que achamos que nunca vamos enfrentar, a ‘Frieza do amor ’, “Frieza da fé da esperança e das promessas’. Dificilmente os dois se esfriam juntos, se isso acontecer é o resultado de muita negligencia. Provérbios 18:9 Quem é negligente na sua obra já é irmão do destruidor.

Ecliastes 4.12. Se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; o cordão de três dobras não se rebenta com facilidade.

Outra adversidade inevitável; a de ‘alguém ambicionar prevalecer contra você. ’
Cordão de três dobras! “Você” sua “companheira” e “Deus!”. Ou junto com alguém que possui o ‘mesmo’ espírito, disposição, objetivo e o mesmo Deus!

Três adversidades inevitáveis que enfrentamos.

d) Queda
e) Frieza
f) Ser dominado, de sentimentos, de coisas, refém de dívidas,

Se estivermos debaixo desta palavra, a de “serem dois é melhor que um”, o milagre da terceira dobra se manifestará e este cordão não se arrebentará.

Um abraço!

Escolhas e compromissos que mantém o avivamento

Atos 1:4
E, comendo com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, a qual, disse ele, de mim ouvistes.

O que é preciso fazer para manter o avivamento?

Talvez você responda que para manter o avivamento será preciso, ir aos cultos e gritar junto com quem está gritando, pular junto com quem esta pulando, orar em línguas junto com quem esta orando, dar ‘glória’ bem alto e bater palmas com aqueles que estão batendo palmas.
Isso é muito bom! Eu faço isso sempre! É uma delicia espiritual! Com certeza isso ajuda a exercitar a edificar a se encher de Deus. Ohhhh Glóriasss!! Fantástico!


Se você ainda não faz, não é porque você não tem o Espírito Santo ou porque você não possua condições ou isso não é para você. Se a manifestação do Espírito Santo não é para os selados para a redenção, então para quem é? Se você estudar um pouquinho de Pneumatologia - doutrina do Espírito Santo – Você sentirá uma sede e fome espiritual que o fará procurar os melhores dons e com certeza nesta procura pelos melhores dons você passará pelo Batismo no Espírito Santo.

Se você disser que batismo é morte, eu aceito, é isso mesmo, por isso morra os seus ‘achismos’.
Você sabe que ‘Dons’ significa ‘Carismas’ – Efeito da Graça. Uau! Eu quero estar totalmente embriagado pelo efeito da Graça! E você? A tá! Você faz teologia, parabéns, como podemos nós criatura, estudar o Criador, é como se um telefone desejasse entender a cabeça do seu inventor -Graham Bell -. Tudo é reflexo, muito superficial, até que nossos corpos sejam glorificados, ai então O veremos assim como Ele é.
Bom enquanto não chega este dia fiquemos em Jerusalém para recebermos nossas promessas prometidas para esta vida.

O que falamos numa mesa recheada de comida?

Quantas coisas nós falamos quando estamos na mesa! Comentamos sobre o culto sobre nossas vidas, sobre os comportamentos bons e ruins que presenciamos em nossos relacionamentos.
Quando comemos nós compartilhamos umas das coisas mais importantes para a vida, o Alimento.
O alimento é o que mantêm nossas forças, evita o envelhecimento, engordamos, repomos o nosso corpo precisa e principalmente temos prazer em sentir o sabor dos alimentos.

Não se ausentem de Jerusalém!

Jesus determinou que eles não se ausentassem de Jerusalém para esperar o cumprimento da promessa.
Deus te colocou na exata posição para que se manifeste o cumprimento das suas promessas.
Mateus 25.1-12
1 Jesus disse: —Naquele dia o Reino do Céu será como dez moças que pegaram as suas lamparinas e saíram para se encontrar com o noivo.
2 Cinco eram sem juízo, e cinco eram ajuizadas.
3 As moças sem juízo pegaram as suas lamparinas, mas não levaram óleo de reserva.
4 As ajuizadas levaram vasilhas com óleo para as suas lamparinas.
5 Como o noivo estava demorando, as dez moças começaram a cochilar e pegaram no sono.
6 —À meia-noite se ouviu este grito: “O noivo está chegando! Venham se encontrar com ele!”
7 —Então as dez moças acordaram e acenderam as suas lamparinas.
8 Aí as moças sem juízo disseram às outras: “Dêem um pouco de óleo para nós, pois as nossas lamparinas estão se apagando.”
9 —“De jeito nenhum”, responderam as moças ajuizadas. “O óleo que nós temos não dá para nós e para vocês. Se vocês querem óleo, vão comprar!”
10 —Então as moças sem juízo saíram para comprar óleo, e, enquanto estavam fora, o noivo chegou. As cinco moças que estavam com as lamparinas prontas entraram com ele para a festa do casamento, e a porta foi trancada.
11 —Mais tarde as outras chegaram e começaram a gritar: “Senhor, senhor, nos deixe entrar!”
12 —O noivo respondeu: “Eu afirmo a vocês que isto é verdade: eu não sei quem são vocês!”

É comum a gente sair da sala bem na hora que o filme revelará quem matou.
As dez moças saíram, porém cinco não pensaram como manteriam as lâmpadas sempre acesas.
A bíblia chama cinco delas de moças “sem juízo” (Imprudentes, descuidadas, inconseqüentes irresponsáveis.) e cinco de ‘ajuizadas’!
O noivo não veio na hora que elas estavam esperando e todas começaram a cochilar e só depois pegaram no sono profundo.
Muitas promessas não acontecem no tempo que pensamos, e estas manifestações milagrosas acontecem inesperadamente.

Manifestações milagrosas! Como elas ocorreram na Palavra

1. Agentes de milagres. O caso de José. O milagre para sua família. Gênesis 45:7-8
v7 Deus me enviou adiante de vós, para conservar vossa sucessão na terra e para vos preservar a vida por um grande livramento.
v8 Assim, não fostes vós que me enviastes para cá, e sim Deus, que me pôs por pai de Faraó, e senhor de toda a sua casa, e como governador em toda a terra do Egito.


2. Agentes de milagres. O caso de Moisés. O milagre para o povo de Deus Êxodo 14:13
Moisés, porém, respondeu ao povo: Não temais; aquietai-vos e vede o livramento do SENHOR que, hoje, vos fará; porque os egípcios, que hoje vedes, nunca mais os tornareis a ver.


3. Agentes de milagres. O caso de Jonathas e Davi. O milagre para Israel e Davi1 Samuel 19:5
Arriscando ele a vida, feriu os filisteus e efetuou o SENHOR grande livramento a todo o Israel; tu mesmo o viste e te alegraste; por que, pois, pecarias contra sangue inocente, matando Davi sem causa?


4. Agentes de milagres. O caso de Esther. O milagre para os judeus. Ester 4:14
Porque, se de todo te calares agora, de outra parte se levantará para os judeus socorro e livramento, mas tu e a casa de teu pai perecereis; e quem sabe se para momento como esta é que foste elevada a rainha?


5. Agentes de milagres. O todos os que esperam em Deus. Obadias 1:17
Mas, no monte Sião, haverá livramento; o monte será santo; e os da casa de Jacó possuirão as suas herdades.


6. Agentes de milagres. O seu caso. O milagre para sua vida. 1 Coríntios 10:13.
Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar.

O caso das moças e o noivo

Foram acordadas com gritos v6 —À meia-noite se ouviu este grito: “O noivo está chegando! Venham se encontrar com ele!”

Tem gente que para acordar você tem que dar uns gritos! Veja também que até quem estava preparado foi acordado subitamente.

Quem gritou? “O noivo está chegando! Venham se encontrar com ele!”
Resposta: Apocalipse 3:20 Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo.
Pasmem, O próprio Noivo! Jesus!

Escolhas e compromissos que mantém o avivamento


Atos 1:4 E, comendo com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, a qual, disse ele, de mim ouvistes.
Não se ausentem de Jerusalém...
Jesus determinou que eles não se ausentassem de Jerusalém para esperar o cumprimento da promessa.
Deus te colocou na exata posição, no endereço certo para que se manifeste o cumprimento das suas promessas.
O que há em Jerusalém?
Eis o noivo! Levante e ascenda a sua lâmpada!

Um abraço

O Mochileiro machista. Pegando carona na benção da esposa.

O Mochileiro machista.

Bem, é muito curioso como muitos homens pegam carona na benção dos outros, mais especificamente carona nas bênçãos das mulheres, ou seja, de suas esposas.
Hoje eu quero homenagear as mulheres com esta palavra, e Deus quer alertar os homens.

1 Samuel 2.30
Portanto, diz o SENHOR, Deus de Israel: Na verdade, dissera eu que a tua casa e a casa de teu pai andariam diante de mim perpetuamente; porém, agora, diz o SENHOR: Longe de mim tal coisa, porque aos que me honram, honrarei, porém os que me desprezam serão desmerecidos.

A Palavra é muito clara em relação à semeadura do desprezo. “Quem despreza também será desprezado!” Há muitas esposas vivendo de migalhas do amor, migalhas da atenção e das finanças da casa.

A mulher fica sem voz até para comprar um batom. A esposa de um conhecido meu muito bem de vida e cheio da grana, comentou que o ‘tio patinhas do marido’ a condicionava psicologicamente a viver uma vida excêntrica, ou seja, viver como se fosse mulher de um pobre cristão assalariado. Ela só tinha um batom e aceitava isso porque se submetia e esse infeliz roteiro típico de novela mexicana do tipo: “Vivendo como pobres”.

Este texto de 1 Samuel 2 narra o fracasso familiar que resultou em grandes desgraças, dentro desta história passa despercebido a história do ‘mochileiro machista’.
No contexto histórico do texto bíblico que lemos, a mulher era colocada num plano inferior na estrutura tribal de Israel, infelizmente hoje ainda presenciamos em nossas famílias este tipo de comportamento.

Está história você já conhece. Mas aqui dentro, salta a idéia de pegar carona na benção da mulher e ainda no final do filme sair com o nome nos créditos.
Não vou discutir o merecimento, deixo isso para você meditar.

Vamos lá!

v 19. Sua mãe lhe fazia uma túnica pequena e, de ano em ano, lha trazia quando, com seu marido, subia a oferecer o sacrifício anual.

Todas as ofertas que eram exigidas na lei eram cumpridas por aquele casal, eles compareciam a todos os cultos, tanto com a adoração de protocolo, quanto com um presente especial.
Imagine que todas as vezes que ela ia adorar, encontrava seu ‘voto’ no templo. É possível que Ana olhasse seu filho e se surpreendia com o seu desenvolvimento, e de como o pequeno Samuquinha estava indo bem. - Ah que vontade! Ana tinha de levar o Samuquinha para casa e apertá-lo, e participar da sua vida e crescimento. Não, ela não podia voltar atrás no voto. Pensava.

Ela não participa da educação e do crescimento, uma mãe que não teria lembranças da infância do seu único filho, a não ser nos encontros de ano em ano no templo.

O marido foi na fé da esposa?

Como é triste ver maridos que não confiam na fé da esposa!
Não confiam na força da esposa.
Não confiam na intuição da esposa. Agora com Cristo chamamos de discernimento.
Veja que curioso o texto de Provérbios 31.10-12

10 Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede o de finas jóias.
11 O coração do seu marido confia nela, e não haverá falta de ganho.
12 Ela lhe faz bem e não mal, todos os dias da sua vida
.

a)v10 Reconhece o valor imensurável da sua esposa. Salomão transcreveu este provérbio do Rei Lemuel porque é provável que isso tivesse acontecido com ele. Ele teve 700 mulheres e 300 concubinas e não achou nenhuma mulher virtuosa?!

b)v11 O coração confia na esposa. Marido que é desconfiado e que condena sua esposa a uma vida de privação, não permitindo que ela se socialize e participe da administração dos bens no casamento.

c)v12 Ela faz bem e não mal. O marido que se sente ameaçado com a inteligência, agilidade de pensamento e discernimento da esposa.

Elcana possuía uma fé completamente passiva em relação aos passos espirituais de sua esposa. Se Ana desse o único filho não teria problema, por que ele tinha muitos filhos e filhas com Penina.

Ser estéreo não era a angustia de Elcana, não era a sua luta, não era a sua vergonha! Ele ainda se achava o ‘bonitão da bala chita’ e que valia por 10 filhos. Este cara tinha o ego grande!

Porque me importar com a luta da minha mulher?

Esta auto-avaliação ajuda a mostrar em que nível se encontra em matéria de amor.
Você pode dizer: - Pastor, na cama eu sou um animal! Eu tenho 3 orgasmos numa noite e ainda dou uma casquinha!
Deixe-me dizer algo a você, muitos homens se deitam com prostitutas sem nenhuma ‘grama’ de amor.

Alguns homens possuem o estranho hábito de deixarem suas esposas na periferia de suas conquistas realizações e principalmente dos créditos.

Veja este texto

Juízes 4 30-5, 8

3 Clamaram os filhos de Israel ao SENHOR, porquanto Jabim tinha novecentos carros de ferro e, por vinte anos, oprimia duramente os filhos de Israel.
4 Débora, profetisa, mulher de Lapidote, julgava a Israel naquele tempo.
5 Ela atendia debaixo da palmeira de Débora, entre Ramá e Betel, na região montanhosa de Efraim; e os filhos de Israel subiam a ela a juízo.
6 Mandou ela chamar a Baraque,

A mulher era colocada num plano inferior em Israel e também em alguns relacionamentos de
hoje. Com Débora, a profetiza, não era diferente. Ela julgava Israel, a qualidade carismática era
conhecida, razão pela qual o povo e Baraque foi procurá-la. E como todo bom homem sabe
fazer média, lá foi Baraque fazer o mesmo.

v8 Então, lhe disse Baraque: Se fores comigo, irei; porém, se não fores comigo, não irei.


Você pode entender que Baraque reconhecia a autoridade da profetiza, mas eu entendo que havia outras considerações em seu coração, nós chamamos isso contemporaneamente de ‘politicamente correto’ ou o nome popular a famosa média. A média era simular teatralmente uma co-autoria na conquista da vitória naquele contexto, e Baraque estava disposto a compartilhar isso, deixando Débora ‘posar para foto’ no sentido de levar algum crédito. Ela poderia acompanhá-lo, mas mais como enfeite do que como ‘*amuleto profético’, ou ‘politicamente correto’ escrever ‘*símbolo profético’, ao lado do General Baraque.

Baraque escondia seu machismo.

V9 Ela respondeu: Certamente, irei contigo, porém não será tua a honra da investida que empreendes; pois às mãos de uma mulher o SENHOR entregará a Sísera.

Baraque engoliu seco diante daquela profecia que dizia que ele iria lutar, entretanto quem levaria a honra de dar um ‘xeque-mate’ no inimigo seria de uma mulher.

v17 Porém Sísera fugiu a pé para a tenda de Jael, mulher de Héber, queneu; porquanto havia paz entre Jabim, rei de Hazor, e a casa de Héber, queneu.

Sísera fugiu a pé para despistar e foi para os Queneneus, uma mulher chamada Jael reconheceu o General Sísera e ofereceu esconderijo em sua própria casa.

v19 Então, ele lhe disse: Dá-me, peço-te, de beber um pouco de água, porque tenho sede. Ela abriu um odre de leite, e deu-lhe de beber, e o cobriu.
v20 E ele lhe disse mais: Põe-te à porta da tenda; e há de ser que, se vier alguém e te perguntar: Há aqui alguém?, responde: Não.
v21 Então, Jael, mulher de Héber, tomou uma estaca da tenda, e lançou mão de um martelo, e foi-se mansamente a ele, e lhe cravou a estaca na fonte, de sorte que penetrou na terra, estando ele em profundo sono e mui exausto; e, assim, morreu.

Quando o general fugitivo fatigado pela guerra finalmente se achou seguro, dormiu um sono profundo, e a palavra profética de Débora se cumpriu.

Alguns maridos ainda não conquistaram a sua guerra por que seu desejo é o de levar todo o crédito da batalha. É bem possível que a sua guerra está praticamente vencida como a de Baraque, entretanto você só obterá a vitória final quando a cabeça do general inimigo tiver sido arrancada e é presumível que nos planos de Deus esta honra esteja nas mãos de uma mulher, a sua mulher!

Pense nisto, não rejeite este conceito sem meditar nesta possibilidade!

Vamos voltar ao Mochileiro Elcana.

1 Samuel 2.20

20 Eli abençoava a Elcana e a sua mulher e dizia: O SENHOR te dê filhos desta mulher, em lugar do filho que devolveu ao SENHOR. E voltavam para a sua casa.

Elcana era abençoado pela fé de Ana sua mulher “O Mochileiro machista estava agora finalmente sendo flagrado pegando carona na benção da esposa.”
Existem lares que não viraram ‘pó’, graças ao coração de mulheres de oração, se não eram mulheres de oração a provação as transformaram.

V20 O profeta orava assim: “Senhor te dê descendência... “através” ...desta mulher.”

Ficou bem claro neste texto que Elcana seria abençoado e que, veja o texto, seria através “desta mulher’

Dificil dar créditos a esposa

Nem ao menos um crédito Elacana atribuiu a Ana, ele poderia dizer para Eli:
- Olha profeta, eu quero dizer que a idéia de dar o Guri aqui no templo foi da minha mulher e que eu a apoiei! Não ele ficou quietinho só recebendo os créditos
Bom, olhando por esse lado pelo menos ele não impediu, aliás, ele só não impediu porque ele possuía muitos filhos e filhas com Penina.
Existem maridos que são uma verdadeira ‘tranqueira’, como diz um pastor amigo meu é ‘bagaceira!’ O individuo além de não ter compromisso com Deus, ainda faz de tudo para impedir que a esposa desenvolva na fé.
Há maridos mochileiros que não se opõem, porém não incentivam. E se a esposa precisar de um real, ele diz para ela se virar.
Eu como pastor, volta ou outra, preciso ir até estes ‘filhos de Deus’ e pedir para eles investirem na vida das suas esposas! – Irmão, paga o ‘Retiro de Mulheres’ para sua esposa! Irmão dê o dinheiro para sua esposa comprar a roupa do ministério de dança! Irmão permita sua esposa ir ao evangelismo! Como diz a musica “Eu passo Reiva, reiva muita reiva!” (Musica: Eu passo Reiva; Elizeu Culha)

O exato destino da benção

v21 Abençoou, pois, o SENHOR a Ana, e ela concebeu e teve três filhos e duas filhas; e o jovem Samuel crescia diante do SENHOR.

A palavra de Deus diz que seus filhos não seriam confundidos Romanos 10:11 . Que maravilha, olha como o texto revela o verdadeiro endereço da benção. O escritor sacro descreve no v 20 a cena que ocorreu, sendo Elcana protagonista e recebendo a benção de carona na fé da esposa, agora observe bem, como o mesmo escritor sacro narra o v21 com clareza o verdadeiro destino da benção. “v21 Abençoou, pois, o SENHOR a Ana, e ela concebeu...” O exato destino da benção era a vida de Ana.
É possível que você esteja desfrutando pela proximidade com alguém que é o exato destino da benção de Deus, é como uma pedra na água que provoca onda, você é atingido pela onda, no entanto sua vida não é o epicentro.
Um comentarista diz que a aljava suportaria 5 flechas, responda quantos filhos e filhas Ana teve depois? Cinco é a reposta, então leia Salmos 127.5.
v5 Feliz o homem que enche deles a sua aljava;
Perfeito! Isto é o que Deus é!

Mochileiros de plantão!

Chega de pegar carona na benção da esposa, chega de ser pedra de tropeço para a fé da esposa, chega de fazer média. Agora marido, você compensará o dano causado na alma da sua esposa se esforçando francamente para recuperar todos os momentos que ela perdeu e foi prejudicada e a colocará no seu devido lugar, sendo instrumento para que ela possa desenvolver todo o seu potencial. Permitindo a ela a total participação de todas as conquistas, já que geralmente ela mais participou das suas tristezas sendo sempre o apoio que você precisou.

Como exercício inicial você dará espaço para um diálogo aberto ouvindo o coração da sua esposa. Duvido que ela fale algo diferente do que escrevi aqui. Converse sobre, como Deus mostrou isso a você, e demonstre claramente sua intenção de continuar a crescer como marido.

Um item que não comentei no texto de Provérbios 31 é que aquela mulher dos sonhos de maridos insatisfeitos descrito ali, só foi possível, porque havia um Marido que ajudava sua esposa a corresponder ao chamado de Deus de ser auxiliadora.

Você está preparado para ouvir que você não tem sido lá grande coisa em matéria de marido?

Caso sua esposa disser que você não está tão ruim assim, então é porque ainda falta alguma coisa. Sempre há algo para melhorar.

Aposente a mochila e desfrute das legitimas bênçãos que você mesmo semear.

Um abraço!

O diabo sabe o que é bom!

Uuhh! O que é isso? Leia com ateção e descubra o imponderavel!

Ezequiel 28.12-15.

12 Filho do homem, levanta uma lamentação sobre o rei de Tiro e dize-lhe: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Tu és o aferidor da medida, cheio de sabedoria e perfeito em formosura.
13 Estavas no Éden, jardim de Deus; toda pedra preciosa era a tua cobertura: a sardônia, o topázio, o diamante, a turquesa, o ônix, o jaspe, a safira, o carbúnculo, a esmeralda e o ouro; a obra dos teus tambores e dos teus pífaros estava em ti; no dia em que foste criado, foram preparados.
14 Tu eras querubim ungido para proteger, e te estabeleci; no monte santo de Deus estavas, no meio das pedras afogueadas andavas.
15 Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniqüidade em ti.

Que isso pastor?

Você deve estar se perguntando.
Calma! Como dizem; Deixa-me molhar o bico!
Pois é isso mesmo: O diabo sabe o que é bom!
Veja que o texto descreve um Ser cercado de pedras preciosas e que no céu era a referencia de perfeição, sabedoria e formosura.

Quando alguém se forma em um curso ele recebe como premio da sua família ou ele compra um anel contendo uma pedra preciosa que corresponde ao curso em que ele concluiu.

A Ametista é a pedra principal que compõe o anel de formatura do curso de Teologia.
O curso de direito é o rubi. O curso de Jornalismo também é o rubi. Musica é a Safira Azul. Auxiliar de enfermagem é a Esmeralda. Biologia é a Topázio Azul ou a Água Marinha. Ecologia é a Turmalina Verde. Incrível como aquele anel de formatura traz certo status para a pessoa que o usa. O anel é um símbolo da preparação e aptidão para agir na área que se formou.

Lucifer

Veja que este Ser chamado de ‘Querubim Ungido’ se vestia de muitas pedras preciosas. Eu creio que cada pedra preciosa representava uma habilidade, aptidão ou característica.

Quando no céu um ser ou anjo ou alguém perguntava o significado do adjetivo ‘perfeição’ Deus apontava o dedo para Lúcifer e dizia. – Olhem para Lúcifer ele é o modelo, o padrão de sabedoria e formosura. V12b.

Você está com os olhos arregalados com isso? Parece meio ‘satanista’ o que estou escrevendo, mas é o que a bíblia diz sobre este querubim ungido. Ele ainda não é Satanás.

É incrível como a Bíblia relata aquele ambiente e de como é rico em detalhes a descrição das habilidades, função e outras peculiaridades.

Note um detalhe no verso 13 extraído da “Versão da Bíblia Revista e Atualizada de acordo com os melhores textos de grego e hebraico” v13... “a obra dos teus tambores e dos teus pífaros estava em ti; no dia em que foste criado, foram preparados.”
Em seu corpo celestial foram colocados tambores e pífaros no dia em que ele foi criado foram eles preparados. Fazendo parte da composição da sua existência em seu corpo estava uma das maiores criações de Deus a música. Tudo isso aconteceu na ‘eternidade’ e em um lugar que chamamos de céu. A origem da música tem relação com a criação deste ser, eu escrevi sobre este assunto no meu segundo livro chamado; Músico Abandonado, Ferido e Esquecido.


Se juntarmos tudo o que lemos no texto podemos afirmar então que: Este Ser sabia com exatidão o que era ‘perfeição’, ele tinha o ‘conhecimento’, ele era ‘belo’, cheio de ‘riquezas’ e ‘glória’, conhecia ‘lugares especiais’ do céu como o monte santo de Deus. Veja a frase “pedras afogueadas”, aqui pode se referir aos outros anjos, mas de menor prestigio e glória. O versículo narra: “... no meio das pedras afogueadas andavas...” ‘no meio’, significa que todas as outras possuíam o calor do fogo e o brilho dele, mas não tinha algo que os distinguia da massa de seres celestiais. Aquele querubim ungido era singular, nada era, se quer, semelhante a ele.

Resumindo, Lúcifer sabia o que era bom! (Não vou nem comentar que Lúcifer significa portador de luz, eu vou deixar para você ler isso no livro)

Ai que tombo!

Até que um belo dia... Não foi um dia, como os outros dias no céu, se é que podemos chamar de dia. Diz o texto: “...até que se achou iniqüidade em ti.”v15

Se você não conhece a história direito, foi assim. Lúcifer ficou orgulhoso de mais daquilo tudo e se convenceu que era perfeitamente possível tomar o céu e destituir Deus de sua posição de Todo Poderoso. Ele queria colocar uma daquelas faixas que vemos hora por outra nos estabelecimentos comerciais: “Sob nova direção!”

Deus não pensou duas vezes, chamou o Miguel para despejar do monte santo e do céu o querubim ungido. Quem é esse Miguel aí? A Bíblia não faz floreios em relação a Miguel. Curto e grosso, ele é o ‘arc’, ou seja, chefe. O arcanjo Miguel não tem um versículo dizendo que ele é belo, inteligente e diferente, lá diz: ‘Príncipe’, e ponto final! Quem é igual a Deus? É o significado do nome Miguel já que o querubim quis tomar o lugar de Deus nada como alguém quem tem esse nome para deixar um bom exemplo para ninguém tentar algo semelhante. Alguém ai se habilita? Infelizmente tem gente que se acha um deus.

Miguel tinha uma turma com ele, veja Ap 12.7.

Lúcifer é expulso do céu, do lado de fora dos portões celestiais, sem herança e com os seus rebeldes falidos que ele conduziu naquela estupidez. Anjos caídos agora vagam não aceitando a nova habitação. Feridos, esfomeados, envergonhados, com a moral esculhambada, enxovalhados, com as roupas rasgadas. Gemidos, gritos uma cena de devastação. Muito ódio, muito ódio e palavras de blasfêmias estão em suas murmurações contra Deus, alguns foram acorrentados e estão presos no abismo. Já distantes, a maioria agora olha para traz e vê os portões celestiais fechados com os anjos que os expulsaram em suas torres fortes. Ainda é possível verem as faces sisudas e olhares de reprovação estampados nos rostos dos anjos nestas torres. Os anjos caídos xingavam palavras loucas, como se isso fosse atingi-los. Nunca mais poderão voltar aquele lugar. Agora eles estão andando em direção a sua nova casa, o inferno.

Em sua nova moradia, o ex-querubim ungido, não é mais chamado assim, mas de dragão.
Sem pedras preciosas, sem tambores celestiais, sem a beleza celestial e com a sua sabedoria questionável ele se vê sem “tudo o que era bom” e que era acostumado.
Ele não se conformou com isso

Passou muito, muito tempo dessa interminavel eternidade e o ex-querubim ungido sempre espreitava os portões celestiais, escondido, não significa que Deus não sabia onde ele estava. Um dia o dragão, observou uma movimentação diferente, Deus saiu com uma face de quem está muito concentrado, muitos anjos seguiam-no. Muito curioso já que não mais sabia dos acontecimentos celestiais. O jeito agora é espiar! Repentinamente se ouviu barulho, explosões, anjos cantando, tudo muito louco! O dragão nunca viu nada semelhante. Uma nova criação de Deus! Era uma dimensão chamada de 'matéria'. Um universo físico, cheio de bolas gasosas e brilhantes e outras bolas de rocha flutuando em uma imensidão que ninguém podia medir impossível de se chegar ao fim, para nós o cosmos. Diferente do que todos conheciam. Passado algum tempo, modestos milhões de anos para nós, o dragão descobre que Deus havia criado um espaço chamado de “Lugar de Delícias”. O jardim do Éden. - Espera um pouco! Diz o dragão: - O que é aquilo dentro do Éden? ... Um Ser a imagem e semelhança de Deus... não pode ser!

Seu ódio aumenta infinitamente.

Deus vem todo o dia brincar com aquele novo Ser. Muita intimidade, piadas, risos e presentes. – Eu odeio muito tudo isso! Diz o dragão que vê tudo escondido, seu ódio aumenta cada vez mais. Ele volta para o inferno e açoita, surra os seus demônios e muitas blasfêmias, gritos uma correria, ele respira ódio mortal. Seu pensamento agora é um só, destruir aquele Ser que é chamado; ‘a glória da criação’.

Outro dia, lá estava ele escondido, observando a conversa daquele Ser com Deus.

- Adão, hoje eu tenho uma tarefa para você! Falou Deus.
Ah! Este Ser se chama Adão! Comenta consigo mesmo o dragão.
- Quero que você dê o nome a todos as criaturas e também irá dominá-los e administrar este Jardim!
O dragão se morde de inveja. – Este ser vai dominar o reino do jardim?
De repente Adão cai num sono, Deus faz alguns movimentos e desaparece. No outro dia ele volta e apresenta outro Ser semelhante, entretanto com algumas diferenças. O dragão vê estampado a alegria no rosto de Adão e como ele fica meio bobo, quero dizer, não é mais a mesma pessoa, parece que aquele presente era o que faltava.
- Ah! ‘Perfeição’, eu conheço bem a perfeição. Murmura bem baixinho o dragão.
- Agora o Jardim é semelhante ao céu. Formosura! Ela não é formosa, Eva é linda, maravilhosa. Diz o dragão. E segue um raciocínio lógico.
- Riquezas, pedras preciosas, domínio. Adão se ajoelha aos pés de Deus e canta adorando-O! Aqui é igual ao céu! Eu te odeio Deeuuus!! Grita o dragão.
Tudo o que é bom e que havia no céu agora Deus dá para o homem.
O dragão se vê agora no inferno, um dia ele era um Ser ungido cheio de ‘tudo o que era bom’, agora junto com aquela multidão de demônios, miséria, ódio, desgraça, fome, ruína, cheiro de coisas podres, horror. Dentro de si, o único combustível de sua vingança, a ‘inveja’.

Observando ele o casal Adão e Eva, logo engendrou um plano para ter novamente ‘tudo o que era bom. ’ e por um fim aquela miséria que ele estava condenado. Havia uma brecha, aqueles seres não eram obrigados amarem a Deus, ou a adorar, ou a rirem das Suas piadas, ou á passar o tempo juntos. O dragão percebeu que eles eram livres! Eles podiam decidir e que queriam fazer.

Eva decidiu duvidar de Deus, Adão decidiu fazer companhia a degradação espiritual da sua mulher e ambos brilhantemente tentaram se esconderem de Deus. Quando Deus expulsou Lúcifer do céu mandou ele embora sem nenhum ‘tostão’ no bolso. De milionário a miserável moribundo. Mas sua sabedoria duvidosa foi usada desta vez para roubar ‘tudo o que é bom’ de nossos pais, Adão e Eva.
Adão e Eva deram ‘tudo o que era bom’ para o diabo quando escolheram desobedecer a Deus,
Leia o relato de Lucas 4.6.“O Diabo levou Jesus para o alto, mostrou-lhe num instante todos os reinos do mundo e disse: — Eu lhe darei todo este poder e toda esta riqueza, pois tudo isto me foi dado, e posso dar a quem eu quiser.”
Não há dúvidas disso, Jesus não contestou a declaração do dragão, leia novamente ‘...pois tudo isto me foi dado,...’
O que foi dado? Riqueza, Poder e até a vida. O dragão roubou ‘tudo o que era bom’. Agora ele tem com o que negociar. O dragão tem ‘coisas’ para ‘encantar’ você e eu. Riquezas e Poder, são por essas cosias que as pessoas trocam a vida. Essas são as moedas de negociação.

Riquezas e Poder

Poder!

O poder de ‘ter’ o que se deseja, não significa ‘escolher o melhor’, mas ceder a desejos desordenados da carne. Poder! Às vezes o simples fato de alguém ser eleito o Sindico ou Ministro de Louvor, ela acha que é um deus. O ‘deus da cocada’. O poder corrompe. Um simples cargo ou posição sobe para cabeça. O poder absoluto corrompe absolutamente. Por isso devemos sempre prestar contas da nossa vida a alguém, isso nos protege sem este mecanismo temos o poder de escolher errado Pv 18.1. O dragão não esquece a cara que Adão fez quando Deus trouxe e lhe apresentou Eva. Adão com a boca aberta babando, não tirava os olhos dos itens diferentes que integravam aquele presente. O dragão achou uma boa idéia usar este poder para destruir famílias, pessoas, igrejas, carreiras, sonhos e reputações.


Riquezas!

Lembram no começo em que comentei que cada pessoa que se forma num curso, possui uma pedra preciosa, que colocada naquele anel de grau, representa a habilidade e preparo de uma pessoa? Musica é a Safira Azul. Auxiliar de enfermagem é a Esmeralda. Lembra? Estas pedras preciosas, estas riquezas foram furtadas do homem no Éden. A riqueza é a habilidade de se relacionar com Deus. Veja como muitos de nós nos sentimos incapazes de manter um relacionamento de santidade, amor e obediência com Deus. Essa riqueza é roubada quando duvidamos do perdão, da provisão e da verdadeira prioridade em nossas vidas. Constancia, como isso é raro, ver alguém que se mantém na presença de Deus. Alguém que possui uma vida em constante movimento crescente. Quando caímos, dependendo da queda, o individuo começa do zero com Deus. Outros caem, mas não precisam começar do zero, porque a queda foi algo novo. Não caiu no mesmo erro, caiu em um novo erro e não o de sempre. Esta queda não joga você no fundo do poço, ela só deixa o indivíduo na boca do poço. Ele vê o fundo e logo reage para não cair de voltar no fundo. Aprendendo aquela lição nunca mais ele cai na boca do poço por causa daquele erro, só outro, outra armadilha bem elaborada e que ele não conhece.

Entretanto, existem aqueles que não conseguem sair do meio do poço, por que não permitem que as riquezas de Deus os conduzam e o atraiam para cima. E aqueles que ficam no fundo do poço. Sem qualquer condição para sair do posso, nenhuma das riquezas de Deus ele têm, nem tão pouco a riqueza de, ‘desistir de lutar com as próprias forças’, ou a riqueza de ‘clamar’ por ajuda. O diabo rouba todas as pedras preciosas, toda a habilidade de comunicação com Deus, toda a adoração, as lembranças tudo, tudo, até o Espírito Santo

O dragão entrou no jardim sem nenhum ‘tostão’!

O dragão entrou no jardim sem nenhum ‘tostão’, sem ‘poder’ e sem ‘riquezas’, mas saiu de lá cheio de riquezas e poder. Mesmo assim, continua sendo o mesmo anjo caído e apesar de tudo isso ele será jogado no lago de fogo e enxofre para todo o sempre. Sem poder ou riquezas, tudo será consumido.

Não obstante de tudo o que o dragão já fez, não impediu os descendentes deste Ser criado no Éden o substituíssem no novo Éden. Jesus lá está, preparando lugar, lugar para todos que desejam morar com Deus. Todas as pessoas que querem estas riquezas e poder poderão adquiri-las gratuitamente através da aceitação do sacrifício na cruz feito por Jesus. Só poderão entrar se tiverem a riqueza e o poder dados gratuitamente por Jesus.

O poder se tornar filho, João 1.12 e a riqueza do selo Espírito Santo.

O dragão está espreitando os portões celestiais para impedir que você entre lá e tenha acesso a “tudo o que é bom”. Alem de espreitar com o intuito de devorar sua vida, o dragão também esmurra os portões celestiais gritando. – Deus! Deus! Você disse que ‘fulano’ era o seu filho? Ele acabou de pecar, eu quero a alma dele, agora ela é minha!
Os portões nem se abrem e já se ouve Jesus mandar o recado. – Dragão, fulano já pediu perdão, eu o justifiquei diante de Deus, é direito de fulano ter acesso ao santo monte!

O dragão fica mais odioso ainda, e volta humilhado para o inferno. Alguns teólogos defendem que satanás não está no inferno, mas habita nas regiões *celestes, Ef.6.- *Celeste aqui, não é o Céu Habitação de Deus. Estude os tipos de céus que os judeus conheciam. Semântica! Ela é útil se você deseja aprofundar. Para mim é suficiente entender que o inferno fica no fim de uma vida sem Cristo.

Como isso pode acontecer?

1. Por que Eva caiu então?
2. Por que Adão acompanhou a degradação espiritual e porque foram expulsos do jardim?
3. Deus estava tão furioso assim que não podia dar um castigo de se ajoelharem no milho duas horas e pronto, e colocá-los de volta para as delicias do Jardim?


a) Eva deveria buscar o que era certo e errado naquilo que Deus já havia plantado no seu coração. Ao contrário, ela foi buscar o que era certo ou errado na sabedoria duvidosa do dragão. Isso mesmo, aquela sabedoria que o fez perder tudo que possuía narrado no texto Ez 28. Você faz isso?

b) Adão amou mais a mulher do que a Deus. Colocou o presente acima de Deus. Você homem faz isso? Você coloca coisas ou pessoas na frente de Deus?

c) Eles foram expulsos porque, se eles fossem onde estava a arvore da vida e comecem do seu fruto, eles se tornariam seres eternos... Eternamente em pecado. Assim como o dragão que recebeu o juízo de viver nas trevas para sempre, teria a companhia do homem no inferno. Saiba que o inferno não foi criado para o homem e sim para o diabo e seus anjos.

Entendeu porque o diabo sabe o que é bom? Se ele aparecer para você como ele é, cheirando enxofre, chifres e um forcado na mão você diria: - É o diabo! Contudo ele não se apresenta assim, ele o seduz com riquezas, poder, falsa sabedoria, e com a ilusão de uma vida perfeita sem Deus governando tudo.
Entendeu porque eu disse que o diabo sabe o que é bom? Ele sabe o que você gosta e precisa e imediatamente coloca diante de você um atalho para se chegar ao que é bom, claro que sem Deus. Você acha que existe alguma coisa que a gente possa fazer ou ter que seja bom e que Deus não possa estar nisso? Então, se Deus não pode estar junto é por que não é dEle.

Um abraço